john galiano

O costureiro, que foi despedido pela firma Christian Dior depois de proferir supostos insultos antissemitas, diz que não recorda o que passou naquele dia devido a suas adiciones. “Não recordo muito bem o que passou”. Essa foi a principal defesa que utilizou ontem John Galliano em sua comparecência ante o Tribunal Correcional de Paris. O […]

Leia mas »