mundo Publicado em 13/02/2013

Prendem em Japão a uma prostituta de 98 anos

bordel japao

A polícia japonesa fechou uma rede de bordéis ilegais em Tóquio para gente de avançada idade. Entre as prostitutas presas a mais jovem tem 40 anos, enquanto a mais velha é de 98 anos e dedica-se a este trabalho desde a Segunda Guerra Mundial.

Calculam que ao longo dos últimos dois anos a proprietária dos bordéis, Risako Yokota, de 53 anos, tem ganhado uns 50 milhões de ienes (uns 520.000 dólares) graças a seu negócio.

A lei japonesa proíbe a prostituição que se entende como “relação sexual em troca de dinheiro”, mas sim permite a indústria do sexo (consideram relação sexual sempre que tenha coito). Para permanecer dentro da legalidade, os bordéis japoneses costumam oferecer serviços sem coito, por exemplo sexo oral.

Jessica — Redatora e revisora
Tópicos:
comentários 0
Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Bulhufas.com reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada. Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.
mais titulares ao azar

Publicidade