mulher Publicado em 25/06/2011

Os implante de mamas não são para toda a vida

protesis mamarias

Os implantes mamários de silicone são seguros, mas devem ser substituídos a cada dez anos para evitar complicações que afetam a uma de cada cinco mulheres, indica um relatório difundido na quarta-feira pela Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) de Estados Unidos.

“As próteses mamárias de silicone não estão previstas para durar toda a vida”, assinala a FDA num estudo de seguimento de informações clínicas e cientistas desses implantes.

O organismo de controle tinha autorizado a comercialização de implantes mamários de silicone em novembro de 2006 para as mulheres com mais de 22 anos, depois de 14 anos de proibição.

Mas a agência adverte de que com o tempo, aumentam os riscos de complicações. Estima assim mesmo que uma de cada cinco mulheres que recorreram a esse tipo de cirurgias por razões estritamente estéticas deverá voltar a operar em os dez anos seguintes.

As complicações mais comuns observadas são o endurecimento dos tecidos ao redor do implante, a redução, a assimetria entre os dois implantes e a ruptura da envoltura.

Em 2010, umas 390.000 estadunidenses recorreram a uma cirurgia mamária, segundo a Associação de cirurgiães estéticos deste país.

Jessica — Redatora e revisora
comentários 0
Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Bulhufas.com reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada. Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.
mais titulares ao azar

Publicidade