tecnologia Publicado em 12/03/2011

New Petroleum 2.0: o combustível do futuro

New Petroleum 2.0

Poucos dias atrás foi noticiado sobre o possível combustível do futuro chamado Novo Petróleo 2.0. E se ele realmente funciona, com um custo aproximado de apenas 50 cêntimos de euro por litro, os cientistas britânicos de Cella Energy abalaria a indústria mais poderosa do mundo, a do petróleo. Assim nos laboratórios de Rutherford Appleton, em Oxford está pronto para revelar a descoberta com base em um uso revolucionário da tecnologia do hidrogénio.

Cella Energy declara que o combustível sintético produzido por este processo de síntese tem qualidades únicas. Mas sem dúvida, o mais importante juntamente a nula produção de emissões nocivas, é que os motores à gasolina atualmente no mercado poderia usá-la sem modificações, nem seus motores e nem seus tanques.

O processo de criação desse novo combustível é muito complexo e é baseado na capacidade de armazenar hidrogênio em temperatura ambiente. Até agora, o principal obstáculo era apenas de seu armazenamento. O hidrogênio só é possível ser armazenado em baixas temperaturas e alta pressão. Mas parece que agora até o tanque de nossas motos seriam capaz de armazenar o novo combustível

Segundo o diretor geral da Cella Energy:

“Nosso combustível à base de hidrogênio poderia ser o primeiro passo para um novo sistema de transporte, sem serem influenciadas pelas flutuações dos preços do petróleo. Nossa tecnologia é o combustível do futuro e se chama óleo sintético o New Petroleum 2.0.”

Se o descobrimento de Cella Energy segue para frente e realmente colocar em prática e como nos contam, seguramente estaremos contemplando o nascimento de um grande avanço.

Jessica — Redatora e revisora
comentários 0
Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Bulhufas.com reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada. Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.
mais titulares ao azar

Publicidade