mundo Publicado em 21/04/2011

Morre em Líbia o cineasta Tim Hetherington

Tim Hetherington

O cineasta e fotógrafo britânico Tim Hetherington morreu hoje na cidade Líbia de Misurata, assediada por tropas do governo, e onde também faleceu o fotógrafo americano Chris Hondros.

O diário The New York Times e a cadeia ABC de televisão citaram como fonte de suas informações os relatos de outros jornalistas que acompanhavam a Hetherington na zona de conflito.

Hetherington, que produziu o filme “Restrepo”, trabalhava também como fotógrafo para a revista Vanity Fair e era veterano de outros conflitos armados como o de Afeganistão. No site da revista recordaram hoje sua coragem e seu grande companheirismo.

Os fotógrafos Chris Hondros e Guy Martin sofreram graves feridas, segundo um colega no centro de assistência médica de emergência onde recebiam tratamento, indicou o Times. Umas feridas que Hondros não pôde superar e finalmente a falecido.

Hondros era um jornalista americano que trabalhava para a agência fotográfica Getty e sofreu uma ferida grave no cérebro que deixou em “condição crítica”, segundo o informante do Times, e que lhe provocou a morte.

Martin é um britânico que trabalha para a agência fotográfica Panos e sofreu feridas por estilhaços que requereram uma cirurgia vascular.

O quarto fotógrafo, Michael Christopher Brown, foi ferido por estilhaços também mas, aparentemente, sua vida não corre perigo, acrescentou o diário.

Misurata é a terceira cidade maior de Líbia e tem estado sitiada por terra pelas forças militares leais ao líder líbio Muamar Gadafi.

Jessica — Redatora e revisora
comentários 0
Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Bulhufas.com reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada. Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.
mais titulares ao azar

Publicidade