entretenimiento Publicado em 8/11/2011

Médico de Michael Jackson, Conrad Murray, declarado culpado

Katherine Jackson Michael Jackson

Um dia após que o júri do julgamento pela morte de Michael Jackson considerasse culpado a seu médico pessoal, Conrad Murray, a família do cantor se mostrou “feliz” pelo veredicto.

“A justiça foi feita”, expressou a mãe de Michael Jackson. Apesar de ter perdido a seu filho, Katherine sentiu-se contente ao conhecer a sentença pela que o médico Conrad Murray deverá render contas por seus atos.

Após que o júri o declarasse culpado de homicídio involuntário pela morte do “Rei do Pop” em 2009, seus pais disseram a TMZ que estavam “satisfeitos com o veredicto”. “Temos estado esperando este momento durante muito tempo e não pude conter as lágrimas de alegria”, afirmou Katherine, de 81 anos. “Embora nada pode nos devolver a nosso filho, ao final se fez justiça”, expressou.

Seu pai, Joe, de 83 anos, manifestou que não podia esperar chegar em sua casa e celebrar a sentença com sua família. La Toya Jackson, irmã do falecido cantor, publicou em Twitter: “Vitória! Obrigado por seu apoio e seu carinho. Michael, te amo e vou seguir lutando até levar a todos perante a Justiça”.

Por outro lado, o reverendo Al Sharpton, amigo da família, disse aos jornalistas: “O castigo poderia e deveria ter sido maior. Estou contente de que o júri não tenha culpado a Michael de sua própria morte. Penso que Murray e muitos outros se aproveitaram e não o protegeram. Michael perdeu a vida e nós perdemos a um dos maiores artistas que jamais tenha existido. Perdi um amigo e não o esquecerei nunca”.

Jessica — Redatora e revisora
comentários 0
Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Bulhufas.com reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada. Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.
mais titulares ao azar

Publicidade