tecnologia Publicado em 18/09/2013

Advertência: os dispositivos móveis abrigam mais germes que um vaso sanitário

germes móveis

As telas tácteis de tabletas e ‘smartphones’ contêm mais gérmenes que o assento de um inodoro, segundo os resultados de um estudo realizado por grupos de consumidores.

As bactérias ficam nestes dispositivos quando os usuários deslizam seus dedos sem se ter lavado as mãos previamente, assegura o grupo de consumidores ‘Wich?’, citado pelo jornal britânico ‘Daily Mail’.

Os dispositivos analisados pelo grupo rendeu informações preocupantes: em um telefone celular pode ser encontrado 600 unidades por swab da bactéria Staphylococcus aureus, cujas toxinas podem causar vômitos e diarreia. No assento de um vaso sanitário, a quantidade presente desta bactéria é de menos de 20 unidades, asseguraram.

O grupo de investigações também encontrou enterobactérias, que podem incluir estirpes de infecções tais como E. coli e salmonella. Em oito tabletas das 30 analisadas encontraram níveis de alto risco swab mais de 1.000 unidades de enterobactérias por swab. Também foram encontrados estes níveis em sete dos 30 smartphones.

Os assentos dos inodoros têm normalmente menos de dez unidades por swab de enterobactérias, indica o jornal britânico.

Enquanto, as empresas tecnológicas não aconselham aos usuários usar produtos químicos para limpar suas telas táctil “já que podem danificá-las”, dizem os autores desta investigação.

No início deste ano um grupo de estudantes britânicos revelaram que várias colônias de bactérias se encontram ocultas nos telefones celulares.

Jessica — Redatora e revisora
comentários 0
Nota: Os comentários deste site são publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Bulhufas.com reserva-se ao direito de apagar os comentários abusivos e com linguagem inadequada. Aparecer como anónimo - Ao escolher opção os seus dados (nome e e-mail) serão ocultados.
mais titulares ao azar

Publicidade